BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Talvez.


Pior do que a dor de um não, é a incerteza de um talvez. Pior do que saber que não era pra ser, é simplesmente não saber. Não saber o que um sorriso quer dizer, o que um olhar ou um abraço podem significar é pior do que ter a certeza de que é a mais pura amizade.

Pior do que saber que o modo correto de agir é fingir que tudo que se sente pela pessoa que tanto amamos é amizade é não saber o que fazer. É passar dias e noites imaginando o que cada um dos seus gestos significa. É sentir a esperança fazer o coração bater mais rápido apenas para, pouco tempo depois, vê-la cair por terra.

É achar-se idiota por ainda ter fé, ainda acreditar que pode dar certo mesmo quando todos os seus amigos lhe dirigem olhares de pena e silenciam quando você lhes pergunta qual a opinião deles. É saber - ou pensar que sabe - a verdade, mas preferir usar uma venda usando a mesma desculpa sempre: "Ela não disse nada ainda".

É sentir-se envergonhada ao ouvir aquele nome conhecido, mesmo que na boca de estranhos, e se perguntar se o seu nome provoca alguma reação nela. E imaginar que a resposta para essa pergunta é o mais simples não... Que ela nunca ousou pronunciar.

É dar o melhor de si a alguém e não receber nada em troca. Sim, isso é amar e nunca reclamarei disso... Amar é se dar ao outro sem esperar nada em troca, sem esperar retorno. Mas não estou falando sobre pedir amor, bens ou qualquer coisa do gênero em troca. Estou falando de uma resposta. Estou falando de dar o melhor de si e não receber um "sim" ou um "não" e sim a dúvida de um "talvez", a incerteza de um "não sei".

É sentir o peito doer, o coração partir em dois, as lágrimas ferirem os olhos... E quando lhe pergunrarem porque chora, é responder que está chorando por não saber.

É tentar incansavelmente, prometer a si mesmo e a todos ao seu redor que irá desistir, mas não ser capaz de fazê-lo. É rir de si mesmo para evitar que as lágrimas caiam; é esconder toda a dor por trás de um sorriso alegre para que aquela pessoa, aquela pessoa que lhe é tão importante, não perceba o quanto a sua dúvida machuca mais do que qualquer negação convicta.

É perguntar-se diariamente o que dizer, o que fazer. Tentar ou desistir? Persistir ou recuar? Calar? Falar? É fazer de tudo e não ver resultado, é não fazer nada e também não ver resultado. É sentir que não se faz falta na vida daquela pessoa - aquela que é essencial para a sua vida.

É amar e não saber se é recíproco.

É sofrer por não saber.

É esperar...

Esperar...

2 sorriso(s) a mais no meu rosto :D':

Rafa Cullen disse...

ah, relaxe. segunda vc vai parar de ter incerteza. ou essa criatura desce do muro ou eu empurro ¬¬ simplesmente não aguento mais te ver sofrer e ficar parada, observando. tá na hora de alguém fazer alguma coisa.
te amo. nunca esqueça disso. ♥
beijinhos ;*

Milla Sullivan disse...

eu concordo c rafinha, vc naum devia xorar por kem naum merece suas lagrimas, reflita.
te amo *-*
bjoo