BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 2 de julho de 2009

A dor de um adeus


Meus olhos abriram-se para o teto branco do meu quarto. Alguns poucos raios de sol entravam pelas cortinas entreabertas, indicando que já era dia claro. Por alguns instantes, tentei compreender o que estava acontecendo. Ergui-me de modo a ficar sentada na cama e olhei brevemente ao redor, tentando me situar.

Ergui a mão para pegar o celular na cabeceira da cama e olhar o horário, mas, antes que pudesse completar tal ação, uma lembrança me atingiu. No começo era apenas uma névoa indistinta e confusa que tentava tomar forma em um canto distante da minha mente, mas logo eu conseguia ver exatamente que lembrança era aquela: O sonho.

O sonho que eu tivera durante a noite. Minha mão voou imediatamente para o meu peito, como se alguém houvesse enfiado ali uma faca. Trinquei os dentes, sentindo minha garganta arder e meus olhos queimarem, minha visão ficando subitamente nublada pelas lágrimas. Qualquer um consideraria que aquele era um sonho comum... Mas não eu. Eu sabia o que aquilo significava para mim.

Ainda podia sentir aquela mão quente segurando a minha de forma carinhosa, sem exigir nada, sem pedir nada, apenas ali, presente, mostrando que estava ao meu lado. Ainda sentia seus braços me envolvendo protetoramente, ainda podia sentir aquela conhecida sensação de que nada podia me ferir... Ainda podia ouvir sua voz suave murmurando ao pé do meu ouvido aquelas duas palavras simples, mas que representavam todo o meu mundo:

"Te amo".


As lágrimas começaram a ecorrer pelo meu rosto, indo repousar em meu travesseiro. As duas palavras que você jamais me diria novamente...

"O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza."
[Drummond]

4 sorriso(s) a mais no meu rosto :D':

Milla Sullivan disse...

oown, nao fica assim...siga seu conselho, sorria.
bjoo

Rafa Cullen disse...

own, Anny, para com isso... não fique tão triste. Tudo se resolve no final, e nunca é tarde pra dizer o que sente a quem se ama. aposto q vc não é a única que sente falta. como sugeriu Luh, sorria. Te amo ♥ beijinhos ;************ (agora arranje o significado ;) )

Rafa Cullen disse...

Anny, tem um selinho lá no meu blog pra vc! *-* bem merecido, aliás, seu blog tá arrasando, como diria minha gêmea *-* Beijinhos ;***

Luu disse...

Selinho pra Anny.*-* Avisada.=D