BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, 17 de outubro de 2009

"Alguma vez...

... voce já pediu pra não mais acordar? Alguma vez você já pensou em fugir pro mar pra não mais voltar? Eu já"



O silêncio que reinara naquele ambiente pelas últimas horas foi subitamente rompido por um riff de guitarra partindo do aparelho de som preto que repousava em uma das prateleiras, ao lado de ursinhos de pelúcia e bonecas antigas. Os olhos castanhos e marejados da garota pousaram nas bonecas e ela cravou as unhas nas palmas das mãos para evitar chorar.

Em pensar que um dia ela já fora desse jeito...

Sempre com um sorriso pregado em seu rosto, como se fosse obrigação sua ser feliz para os outros. Observou a semelhança existente entre todas as bonecas - todas com rostos e corpos perfeitos - e xingou-se por já ter desejado ser assim algum dia: Perfeita.

"Perfeita" no conceito que as pessoas ao seu redor pareciam possuir... "Perfeita" como eram aquelas bonecas que lhe encaravam sem emoção no olhar ou alteração na face: Lindas por fora, todas iguais umas as outras - com seus cabelos loiros e suas saias curtas e seus corpos doentiamente magros - e completamente ocas por dentro.

Não apenas na cabeça - nas ideias, nos gostos, na personalidade... Sempre seguindo cegamente as modas, sempre buscando um corpo bonito para exibir como um troféu para as suas supostas amigas -, mas também no coração. Porque não, aquelas que tinham prazer em humilhar e odiar as pessoas não podiam possuir um.

Desviou o olhar para a imagem refletida no espelho à sua frente e encarou a garota que lhe olhava de volta.

Encarou a garota de cabelos castanhos comuns com a franja colorida de maneira chamativa, olhos castanhos e comuns - agora vermelhos, inchados e marejados - cobertos por um óculos de grau e pele razoavelmente morena.

Analisou seu rosto, sem nenhum traço especialmente bonito ou que chamasse a atenção para si... Analisou seu corpo comum, sem nenhuma curva especialmente chamativa ou desejável, sem magreza excessiva, sem palidez doentia... Analisou suas roupas e unhas pretas, seus dentes cerrados, seu olhar frustrado.

Subitamente, compreendeu. Percebeu cada mudança que ocorrera nela - não só em seu corpo, mas em seu modo de ver o mundo, pensar e sentir - nos últimos meses. Sofrer faz crescer. Percebeu cada falha que as pessoas tinham a lhe indicar e a mágoa que se depositava no fundo de seus olhos quando ela pensava nisso - quando pensava que ser o melhor que ela podia ser não era o suficiente.

E percebeu que ela não precisava ser nada para ninguém - apenas para ela mesma. E percebeu que gostava do que via. Gostava da atitude, do pensamento, da personalidade. Gostava da coragem, da teimosia, da timidez. Gostava de ser. E não precisava que ninguém lhe aprovasse.

Ergueu o punho fechado e, sem hesitar nem mesmo por um instante, deixou que os nós de seus dedos encontrassem a superfície lisa do espelho - que imediatamente partiu-se em milhares de pedacinhos que rolaram pelo chão do quarto e cortaram a sua pele.

O rubro de seu sangue escorreu pelo seu pulso e pelo seu braço, pingando no chão branco sob seus pés. Ela sorriu.

Liberdade, enfim.

"Eu caí e foi difícil me levantar"

5 sorriso(s) a mais no meu rosto :D':

Milla Sullivan disse...

agora te imaginei dando um soco num espelho O.o
o texto ta muito lindo - normal, amo tudo q vc escreve xD
te amoo
bjoo

Rafa Cullen disse...

Sabe, fiquei feliz com esse texto. Muito mesmo. Feliz por vc ter percebido que não deve satisfação a ninguem. Feliz por vc estar levantando, por estar livre. Sempre que precisar, vc sabe que vou estar aqui. Teamo♥ ;*

ϟJoyce Amancioϟ disse...

Amei o blog! To seguindo!
Visita o meu quando puder!
Bjos!

Desirée disse...

Te imaginei socando o espelho tbm!
Vc precisa se amar, qm te julga sem te conhecer, não merece sua atenção!
bjos florzinha :)
Te adoro ;*
ps.: minha Stevie Rae
uhahuauhahu

Menin@ disse...

Lindo! Muito lindo mesmo!
O jeito como abrange assuntos aqui (parecendo até sem querer [será que é? :D]), me faz ficar assim → *0* ...sem brincadeira.
Parabéns, muito lindo seu blog! (só_porque_gosto_de_azul) hehe
E você escreve muito bem!!! *.*
Beijos,