BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Um mundo mais azul.


Ela era pequena, com a pele ligeiramente clara. Suas feições eram delicadas como a brisa branda de uma manhã de primavera e faziam-me pensar em uma criatura mítica - uma fada, talvez, ou o mais belo anjo.

Seus cabelos negros e longos - chegando até quase a sua cintura - possuíam uma mecha azul longa, que terminava ramificando-se e colorindo suas pontas com aquele mesmo tom alegre, e emolduravam com perfeição o seu rosto.

Seus olhos eram castanhos e intensos, profundos e brilhantes, donos de uma alegria sincera e quase palpável. Seus lábios eram cheios e rosados e as maçãs do seu rosto estavam ligeiramente avermelhadas, dando-lhe um ar um tanto meigo e infantil.

Em seus pulsos, apenas algumas pulseiras de contas ou de tecidos coloridos trançados - simples, mas indescritivelmente lindas... Exatamente como ela.

Um sorriso doce brincava em seus lábios, que curvavam-se com perfeição inigualável, fazendo-me pensar em uma criança - pequena e encantadora. E ela era linda - provavelmente a garota mais linda que eu já vira em toda a minha vida.

Movia-se com a leveza de um sopro de vento e a alegria de uma explosão de cores... Sabia que, se ela deixasse um rastro visível no ar por onde passasse, esse rastro seria como o pequeno arco-íris que se forma quando um raio de luz atravessa um cristal.

Seu perfume era uma atração à parte - sutil, quase imperceptível para alguém que não estivesse prestando atenção. E, ao mesmo tempo, era intenso, indefinível, viciante, inigualável. O melhor cheiro que eu já tivera o prazer de sentir - a mistura da fragrância de todas as flores existentes.

Ela estendeu a mão em minha direção, segurando ternamente as pontas dos meus dedos entre os seus. O toque emitiu uma descarga elétrica por todo o meu corpo. Sua pele quente e macia fazia a minha pele queimar enquanto a tocava com delicadeza e puxava-me docemente para mais perto.

Não apresentei qualquer resistência, apenas deixando-me levar. Sabia que tinha pouco tempo... Era, infelizmente, apenas mais uma das noites em que você insistia em invadir os meus sonhos... Você e o seu sorriso de criança, seu olha sincero e seu inconfundível cabelo azul.

-x-

Meninas, muito obrigada mais uma vez pelos comentários lindos de vocês! *-*' Ganho o dia lendo isso. Agora só posso aparecer aqui nos finais de semana e algumas quartas/sextas. Os outros dias andam corridos demais. ;X' Marcela, queria agradecer pela crítica construtiva e pelos elogios. ^^' Vou tentar diminuir os posts. :D' E quanto a essa sensação... Só espero que o tempo torne suportável. :/' [Tenho que fazer isso: HAAAAAAAAAAAAAAAAA! A Marcela comentou no meu blog! *-*' *morri* Pronto, parei de surtar. ;X'] Jenny, bem-vinda e muito obrigada pelo carinho! :D' beijos e até a próxima! ;*' [PS.: A foto é da MariMoon, mas o texto não foi escrito pra ela e o blog não tem esse nome por causa dela, okay?]

8 sorriso(s) a mais no meu rosto :D':

Bia L. disse...

Lindo texto. Será que uma pessoa de mecha azul leu isso, Becca? ;) AAhhh, vou reclamar de uma coisa... Por mais que eu saiba o motivo, passe a escrever mais no seu blog. =3 sahusahsuahsau'
;*

Jenny disse...

Que lindinho... Amei aqui.

Rafa Cullen disse...

Que lindo ^^ e eu sei perfeitamente pra quem eh o post, e quem deu o nome ao blog... (66' e vc já eh fofa normalmente, apaixonada fica mil vezes mais fofa *-* *apertando as bochechas de anny* *o*
beijinhos ;*

lubisco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lubisco disse...

além de seu texto ser bem escrito, carrega a coragem de poucos nas entrelinhas. U r one of a kind!

Lua M. disse...

Lindo *--*
Adorei :D

Becca disse...

Obrigada, pessoas! Você são lindos. ^^'

Menin@ disse...

Perfeito! *-*
Um mundo mais azul... :D